sexta-feira, 29 de agosto de 2008

RPG e a entrevista para o Jornal Agora


Acima, fotos dos integrantes do blog RPG - Role Poetic Games (Jogos Poéticos Virtuais), na lan house Panqueca.com para fazer uma fotografia da turma para futura matéria no Jornal Agora, aqui de Rio Grande - RS - Brasil.
Foi a segunda oportunidade de quase reunir toda a "trupe". A primeira foi no Movimenta FURG.
Infelizmente, dessa vez a Andréia é que não pôde comparecer. Mas na próxima vez que nos encontrarmos no mundo real faremos o possível para que enfim saia a foto de "um por todos e todos por um".
Recapitulando aos leitores do Literatura em Teia, que é um espaço pra divulgar o blog RPG e outras questões literárias de seus integrantes, que a vida é de fato intertextual, pois vejam só:
No poema Quadrilha de Carlos Drummond de Andrade (abaixo) consta que...
João amava Teresa que amava Raimundo/que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili/que não amava ninguém./João foi para o Estados Unidos, Teresa para o convento,/Raimundo morreu de desastre, Maria ficou para tia,/Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto Fernandes/que não tinha entrado na história.
Na "Quadrilha" RPGiana, foi justamente o inverso, conforme estávamos conversando hoje a tarde:
Milena Loureiro, amiga e ex-colega de José Roig, apresentou o blog deste ao seu amigo e colega Leandro Kerr, que fez contato via orkut com o José a respeito de como publicar um livro que ele (Le) tinha em projeto, junto com a amiga Suellen Rubira, que também fez contato via orkut com Zé, ficando os três amigos de MSN. Ali, entre uma mensagem e outra, os três pensaram em criar um blog coletivo, que José batizara de RPG. Isso tudo em meados de 2007. No início de 2008 José criou o blog RPG para garantir o nome e a idéia, mas a primeira postagem só foi feita depois que Andréia Pires entrou no blog, se interessou pelo objetivo e quis participar. Ana Matias que também conhecera José através de outro blog, foi convidada e indicou Jouber Cunha para fazer os desenhos para a turma. Enfim, a partir dali, todos passaram a trocar idéias e a publicar post's e desenhos, e o resto da história pode ser acompanhado aqui e no RPG.
Mas na "quadrilha" virtual, no bom sentido, Milena, que até então "não tinha entrado na história" pode ser considerada indiretamente a grande responsável por essa curiosa e criativa reunião de pessoas que morando na mesma cidade, foram se conhecer a fundo mesmo pelo ciberespaço, e dali produziram um ambiente virtual de literatura coletiva, que usa o argumento dos role-playing games, que são jogos de estratégia - em que o jogador assume a identidade de uma personagem - adaptando o RPG tradicional (de cartas e online) para uma versão literária.
A vida é intertextual e hipertextual; e o mundo, seja virtual como real parece funcionar como uma grande rede de pessoas que, parafraseando um ditado, "se encontram por acaso, mas não é por acaso que permanecem juntas". Viva então a amizade online, a Literatura em Teia e o blog RPG.

Detalhe da foto, da esquerda para a direita: Suellen, Leandro, Jouber, José e Ana.

2 comentários:

Andréia Alves Pires disse...

que saco... :( maldita soneca... nunca me acontece!!!

José Antonio Klaes Roig disse...

Pois é, Déia. Foi uma pena não teres podido ir. Mas terão outras oportunidades. Ficou legal a fotos, né? As que a Melina fez, ficaram melhores pois foi de ângulos diversos, a gente teclando nos PCs. Viva o RPG!